Quinta-feira, 19 de julho de 2018

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

HSVP confirma projeto de implantação da Unidade de Transplante de Medula Óssea

Publicado em 20.12.2016 17:39

O Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, realizou na tarde desta terça-feira, 20 de dezembro a solenidade de implantação da Unidade de Transplante de Células Progenitoras Hematopiéticas ( Medula Óssea). Na oportunidade apoiando a instauração da Unidade, estiveram presentes o Secretário de Saúde do Rio Grande do Sul, João Gabbardo, Deputado Beto Albuquerque, prefeito de Passo Fundo Luciano Azevedo, direção administrativa, corpo clínico e profissionais do HSVP e ainda autoridades, prefeitos e secretários de saúde da região. O projeto foi apresentado pela Hematologista Moema Nenê dos Santos e pelo oncologista Pablo Santiago, sendo que as autoridades presentes se comprometeram à auxiliar e desenvolver o projeto.

Conforme Santigo e Moema, atualmente três centros hospitalares estão habilitados no estado para realizar o transplante, sendo que, mais de 50 pacientes esperam na fila para realizar o procedimento. “Sabendo que a sobrevida livre de doença é maior quando os pacientes são transplantados em temo hábil sem evidência de doença ou com doença mínima, o atraso na realização do transplante aumenta o risco de recidiva da doença associado ao aumento da morbimortalidade do paciente. Desta maneira, a crianção de um novo centro se faz necessário na tentativa de suprir um déficit de leitos”, explicaram, evidenciando que o projeto beneficiará uma população de mais de dois milhões de habitantes, na esperança de cura ou alívio de seus sintomas.

O presidente do HSVP Décio Ramos de Lima, agradeceu a presença das autoridades e ressaltou a importância da colaboração destes para a implantação da Unidade. “O HSVP ao longo desses 98 anos tem primado pelo cuidado das pessoas de Passo Fundo e região e com certeza, esse dia será um marco na luta contra o câncer, pois é um projeto de suma importância e que vai atender muitas pessoas”. O Superintendente Executivo do HSVP, Ilário De David enfatizou também que “com muita garra e entusiasmo esse projeto irá acontecer e beneficiará muitas pessoas. Ele enalteceu ainda, a união de forças com estado, prefeitura e autoridades para que o projeto aconteça.

O deputado e apoiador da causa, Beto Albuquerque enfatizou que a solenidade aconteceu dentro da 8ª Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea, o que demonstra a preocupação de todos buscando formas para evoluir no tratamento dessa doença. “Há oito anos, quando perdi meu filho Pietro nós tínhamos 750 mil doadores cadastrados no Brasil. Hoje passamos de quatro milhões, fruto de mobilização e de muitas pessoas envolvidas. Posteriormente conseguimos expandir os Bancos de Cordão Umbilical, sendo que atualmente temos 12 bancos públicos no país. Além disso, ligamos o banco brasileiro a outros países, permitindo que quando um paciente se depara com a leucemia, encontrará um cadastro de 27 milhões de pessoas. Por isso, que começamos hoje a enfrentar o fato de que temos doadores e não temos leitos para o transplante”, destacou o político, pontuando ainda que, na época que perdeu seu filho, a maior dificuldade era encontrar um doador. “Vamos unir forças, vamos somar e juntar esses recursos para fazer valer esse projeto. Não tínhamos lugar melhor para implantar essa Unidade do que o HSVP. Não tenho dúvidas que logo teremos a concretização dessa união de esforços”.

O secretário de saúde, João Gabbardo ressaltou que o estado apoiará a implantação da Unidade de Transplante de Medula Óssea em Passo Fundo. Segundo ele, o projeto é de extrema importância, já que existem poucos centros no RS, e com isso os pacientes encontram doadores mas, demoram para realizar o transplante em função da falta de leitos. “Essa Unidade vai dar mais qualidade de vida à toda a população do Rio Grande do Sul e com certeza vai melhorar nossos indicadores de recuperação de pessoas que precisam de transplante de medula. Passo Fundo é uma cidade que temos muito orgulho pois, além da incorporação de tecnologias e todo aparato mostram sempre algo que chama atenção, o cuidado no acolhimento dos pacientes. É a segunda vez que venho ao HSVP este ano, e fico impressionado com a dedicação que o hospital tem com o paciente, com as que crianças não interrompam as atividades na escola, isso é uma coisa que não se vê em outros locais. Estas ações despertam a atenção e fazem com que tenhamos vontade de auxiliar para que o hospital se desenvolva ainda mais”, pontuou Gabbardo.

Assim como o secretário, o prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo também se comprometeu a ajudar na construção da Unidade. “Precisamos somar forças para buscar recursos. A prefeitura se compromete em colocar recursos, pois é uma causa muito maior que não pode esperar, uma causa da vida. Mesmo com toda a crise econômica, vamos como prefeitura encontrar uma forma de auxiliar e a Unidade se concretizar”, ressaltou.

 

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.