Sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

Rio Grande do Sul tem 74 mortes confirmadas por gripe A em 2016

Publicado em 30.05.2016 13:35

Balanço divulgado nesta segunda-feira (30) pela Secretaria Estadual da Saúde confirma 72 mortes por gripe A no Rio Grande do Sul em 2016, de um total de 384 casos registrados. Mais duas mortes, registradas em Rio Grande, foram confirmadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) – uma na sexta e outra na quinta-feira. Estes dois casos ainda foram incluídos na contabilização da secretaria.

O último balanço, divulgado dia 20 de maio, registrava 60 mortes no Estado.

A cidade mais afetada é Porto Alegre, com 12 óbitos de um total de 117 casos. De acordo com a secretaria da Saúde, das 72 pessoas mortas no Estado, 52 delas estavam no grupo de risco da doença – como idosos e portadores de doenças crônicas.

O Secretário estadual da Saúde, João Gabbardo dos Reis, confirma que a situação preocupa, mas diz que a vacinação deve ajudar a reduzir o número de casos.

“Proporcionalmente está ocorrendo uma redução na velocidade do número de óbitos. Mas claro que a situação nos preocupa porque o inverno ainda não chegou e já temos esse número significativo de casos. Nós temos 90% dos grupos prioritários vacinados, então esperamos uma redução do número de casos”, disse nesta manhã.

O secretário considerou que a vacinação obteve sucesso. Pouco menos de um terço da população, ou 3,2 milhões de pessoas, foram vacinadas. A campanha atingiu quase 90% das pessoas nos grupos de risco. O único grupo que a meta não foi batida foi o das gestantes. Gabbardo explica que grávidas têm temor que a aplicação atinja o bebê.

Outras doenças
De acordo com balanço da SES, cinco novos casos de zika foram notificados e três confirmados. No RS, são 40 casos, sendo 14 deles autóctones (contraídos no próprio Estado). Uma das novas vítimas é gestante de Ijuí. Ela está sendo acompanhada.

Oito notificações novas de bebês com microcefalia foram informadas desde a última semana, totalizando 83 registros desde o início do ano. Desde o início de 2016, são cinco casos confirmados em bebês. Este número permanece o mesmo desde o último boletim epidemiológico. No Brasil, são 7.623 casos.

A dengue teve quase o dobro de diagnósticos e notificações em relação ao último ano. Pelo menos 208 municípios gaúchos estão infectados pelo Aedes aegypti. A pior região é a da coordenadoria de saúde de Frederico Westphalen, com 414 casos.

*Rádio Gaúcha

 

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.