Sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

Poucos municípios terão urna eletrônica na votação do Conselho Tutelar

Publicado em 27.08.2015 7:05

No dia 4 de outubro deste ano acontecerá a 1ª eleição unificada para os Conselhos Tutelares de todo o Brasil. No Rio Grande do Sul, mais de 4,2 milhões de eleitores, em cerca de um quinto dos municípios do Estado, poderão utilizar urnas eletrônicas para o processo de escolha dos novos conselheiros. Sessenta e duas Zonas Eleitorais abrangem as localidades participantes. Na região, apenas os municípios de Casca, Coqueiros Do Sul, Marau, Passo Fundo e Vanini vão contar com o serviço.

Neste momento, a Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE-RS trabalha para inserir dados e elaborar os programas necessários à utilização destas máquinas. Nas demais localidades, a Justiça Eleitoral emprestará urnas de lona, mediante solicitação, para o voto com cédulas.

A definição das cidades que contarão com o voto eletrônico ficou a critério dos juízes eleitorais, após manifestação de interesse por parte das administrações públicas municipais. Foram levados em conta para o deferimento dos pedidos, entre outros fatores, os recursos humanos necessários ao suporte técnico, assim como o envolvimento dos cartórios com os processos de recadastramento biométrico, em andamento em mais de 90 localidades gaúchas.

Nas localidades com votação eletrônica, a Justiça Eleitoral fornecerá o sistema de votação parametrizado e o arquivo com a relação de eleitores, além do suporte técnico. Os custos dos processos eleitorais, assim como a definição dos locais, a impressão das folhas de votação e a convocação de mesários ficarão a cargo das Prefeituras.

A lista dos municípios que terão urnas eletrônicas pode ser conferida AQUI.

Com informações do Portal Gazeta*

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.