Quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

Polícia pede prisão de casal suspeito de tentar matar bebê em parto no RS

Publicado em 18.04.2015 10:02

Bebê nasceu na segunda-feira (13) com um grave ferimento na cabeça. Suspeita é de que casal tenha utilizado objeto cortante para tentar matá-lo.

O casal suspeito de tentar matar o filho durante a gravidez com o uso de objeto cortante em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos do Rio Grande do Sul, teve a prisão preventiva solicitada nesta sexta-feira (17) pelo delegado Enizaldo Plentz, que investiga o caso. A suspeita é que o pai forçou o parto usando um objeto cortante. O bebê sobreviveu, mas ficou com um ferimento grave na cabeça.

Plentz afirma que o casal tentou matar a criança. “O caso está amplamente esclarecido. É um crime hediondo, uma tentativa de homicídio qualificado, um crime cruel de uma violência bárbara, e por isso eles serão responsabilizados”, disse Plentz, que espera ter uma resposta da Justiça na próxima semana.

A jovem, estudante de direito de 18 anos, realizou o parto na segunda-feira (13), no Hospital Geral do município, e a criança nasceu com um grave ferimento na cabeça, o que levantou suspeitas. O namorado da menina, de 21 anos, foi preso em flagrante, enquanto ela permaneceu sob custódia da polícia no hospital. Ambos pagaram fiança de R$ 20 mil.

Plentz acredita que o crime teria ocorrido cerca de três dias antes de a criança nascer, o que pode levar o casal a responder também por omissão de socorro. Os celulares dos suspeitos foram apreendidos. Plentz aponta que eles poderão ser indiciados por tentativa de homicídio.

A polícia também investiga se a universitária chegou a tomar medicamentos abortivos ao longo da gestação O bebê será submetido a exame de corpo de delito. Não há informação sobre o estado de saúde dele.

De acordo com Plentz, o Conselho Tutelar foi acionado para que a criança não fique sob a guarda dos pais. Durante os depoimentos, os jovens permaneceram calados e declararam que apenas vão se manifestar em juízo.

Fonte: G1 RS

 

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.