Quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

Jovem cuida de animais em situação de abandono e maus-tratos

Publicado em 04.03.2016 15:08

caes

Carazinho tem, além das Associações de Proteção aos Animais, protetores independentes, voluntários, que recolhem para suas casas, cães e gatos em situação de abandono ou maus tratos, no sistema “lares temporários” até que sejam adotados.

O jovem Micael Neumann, 18 anos, é uma dessas pessoas. Há três anos morando em Carazinho, vindo de Santa Catarina, ele se tornou protetor depois que resgatou uma cadela da raça collie que havia sido deixada abandonada, doente, amarrada a uma árvore, às margens da BR 386. Ele conseguiu ajuda para tratar o animal, que sobreviveu. Ficou comovido, adotou a collie, que batizou de Mônica, e desde então não parou mais de ajudar animais que encontra pela cidade.

Tem em casa 17 cães, e 7 gatos. Destes, 14 animais estão para adoção.

A dificuldade é que Micael não tem recursos para manter a todos, com o que ganha trabalhando numa sorveteria, e para isso conta com ajuda de ONGs de proteção aos animais, que ajudam nos encaminhamentos para atendimento e promovem “vaquinha” para as castrações, a fim de que não haja uma proliferação ainda maior entre os abandonados.

Quem quiser ajudar pode procurar o grupo no face que o jovem criou, chamado “Adote um amigo”, onde há informações sobre como colaborar e saber quais animais estão disponíveis para adoção.

*Portal Gazeta

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.