Quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

Homem de Carazinho,acusado de estuprar e matar bebê de 4 meses, pode ter sido morto carbonizado.

Publicado em 30.01.2016 19:06

1cara

A Brigada Militar localizou na tarde deste sábado (30) o carro do homem suspeito de estuprar e matar o enteado de quatro meses em Novo Hamburgo. O veículo incendiado foi encontrado em um matagal no bairro Carioca, em Sapucaia do Sul. No porta malas estava um corpo totalmente carbonizado.

A Polícia Civil acredita que seja o corpo do suspeito, de 34 anos, mas somente a perícia poderá confirmar a identidade desta pessoa, o que deve ocorrer nos próximos dias.

A mãe da bebê, de 31 anos, foi presa nesta manhã. Conforme o delegado Enizaldo Plentz, ela está abalada com a morte da criança, mas foi detida por ter sido conivente com o crime.

Na sexta-feira, a mãe e o padrasto levaram a menina com diversos hematomas e marcas de violência sexual para a Unidade de Pronto Atendimento de Novo Hamburgo. Quando foi confirmada a morte da criança, o padrasto fugiu da UPA e não foi mais localizado. Por esse motivo, a Delegacia de Homicídios acredita que ele seja o autor das lesões que causaram a morte.

O suspeito do crime seria natural de Carazinho. As informações são do Portal Gazeta.

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.