Quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

Iniciativas da UPF são apresentadas ao secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia

Publicado em 21.10.2015 8:37

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Fábio de Oliveira Branco esteve na Universidade de Passo Fundo (UPF) nesta terça-feira, 20 de outubro. O secretário foi recebido pelo reitor José Carlos Carles de Souza, por dirigentes do Parque Científico e Tecnológico UPF Planalto Médio e por representantes de empresas vinculadas ao Parque. A relação de simbiose entre universidade e o setor produtivo permeou a pauta do encontro, no qual o secretário pôde conhecer o trabalho desenvolvido pelo UPF Parque, que conta com investimentos do governo estadual.

Canola como alternativa de renda

O convênio entre o UPF Parque e a BSBios sobre pesquisas relacionadas à produção e ao processamento da canola foi apresentado ao secretário pelo gestor do UPF Parque Marcos Cittolin e pelo diretor presidente da empresa Erasmo Carlos Battistella. A intenção é contar com o apoio institucional do governo para ampliar o trabalho. “Em nossa região, a cultura da soja é muito forte. Nesse contexto, a canola é uma alternativa para cultivo no inverno, ou seja, uma oportunidade de ampliar a renda no setor agrícola e na indústria”, explicou Erasmo.

O diretor presidente da BSBios destacou que o avanço nas pesquisas permitirá agregar valor não só ao produto em si, mas também aos subprodutos, hoje não destinados a fins comerciais, como efluentes e resíduos. O aprimoramento obtido nessas pesquisas poderá beneficiar outras empresas, uma vez que será público e permanecerá à disposição da comunidade. O secretário Fábio destacou que o agronegócio é um setor prioritário para o governo estadual, uma vez que é responsável por 40% do Produto Interno Bruto (PIB) do Rio Grande do Sul.

Indústria e serviços em destaque

Num segundo momento, o secretário formalizou o Polo de Exportação de Software do Planalto Médio (PoloSul.org) como líder do Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação do norte do estado. O PoloSul.org foi selecionado pela Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI) e receberá recursos do governo do estado para estruturação e fortalecimento da governança.

Por fim, foi assinado convênio com a empresa Yaskawa, líder mundial em automação industrial e robótica, que irá se instalar no terceiro módulo do UPF Parque, destinado ao setor metal-mecânico. Uma vez instalada, a empresa estará à disposição dos estudantes para a realização de pesquisas e outras atividades acadêmicas. Além disso, funcionará como um show room, onde os empresários da região poderão conhecer equipamentos de alta tecnologia e produtividade.

Retorno do investimento

Para o secretário, é uma satisfação ver um investimento do governo estadual gerando benefícios para a comunidade. “Isso é resultado de uma ação estratégica, que vincula as universidades ao setor produtivo, à iniciativa privada, sempre colocando a sociedade como beneficiada”, destacou. Conforme o secretário, investir em parques tecnológicos é uma forma inteligente de aplicar recursos, especialmente em época de escassez.

O reitor afirmou que tais iniciativas demonstram a forma com que a UPF tem buscado a inovação, bem como evidenciam a valorização dos investimentos concedidos pelo estado. “Acreditamos que a parceria entre o governo estadual, universidades e iniciativa privada é o modelo ideal para darmos um salto de qualidade nos diversos setores que compõem a economia do Rio Grande do Sul”, evidenciou.

Após as atividades na Reitoria, o secretário e as demais lideranças visitaram o UPF Parque e a BSBios.

 

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.