Sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

El Niño: Excesso de chuva exige cuidados especiais com a cultura da soja

Publicado em 04.01.2016 8:39

 

elnino

04/01/2016.

O cenário que enfrentamos hoje no meio agrícola inspira muitas preocupações, devido influências de fenômenos climáticos recorrentes, dentre eles, o “El Niño”, que atualmente rege os ciclos climáticos. Segundo o Instituto de climatologia Ceptec/INPE a previsão para o primeiro trimestre de 2016 indica maior probabilidade de chuva em torno de 20% acima da média para a Região Sul.

“Todos os vegetais são dependentes da luminosidade, sendo um fator limitante no desenrolar de todo processo de desenvolvimento vegetativo das plantas,” alerta o engenheiro agrônomo da BSBIOS, Fabrício Neri. Em virtude disso, culturas como a da soja necessitam de alguns manejos diferenciados para se obter bons rendimentos.

De acordo com a BSBIOS, no Rio Grande do Sul a cultura está praticamente implantada, atingindo 98% das áreas, sendo que dessas 90% encontram-se em estádio de desenvolvimento vegetativo e as demais lavouras em início da fase reprodutiva.

Neri destaca que hoje a agricultura moderna tem em mãos algumas ferramentas que buscam minimizar tais influências desvantajosas. “Observa-se um retardo no desenvolvimento vegetativo das plantas, e consequente diminuição do potencial produtivo dos cultivares. É necessário ficar atento e fazer as aplicações corretas com estimuladores de crescimento que ajudam a captar a energia luminosa do pouco sol que aparece entre as nuvens neste momento,” orienta o engenheiro agrônomo.

Algumas tecnologias agrícolas são criadas e/ou descobertas com intuito de promover aos cultivares explorados comercialmente a capacidade de otimizar seus processos mesmo que o meio não possibilitem as condições ideais para isso. No momento, tais ferramentas são indiscutivelmente essenciais para aqueles produtores de soja que almejam ganho econômico em suas lavouras e melhorias no tetos produtivos.

Neste sentido a BSBIOS está com sua equipe de consultores treinada para construir soluções personalizadas para cada cliente, estando presente em 16 Unidades de Originação de grãos localizadas na região norte do Rio Grande do Sul.

Fonte e Foto BSBSIOS

 

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.