Segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

ONG que auxilia crianças e adolescentes precisa de doações para construção de pavilhão

Publicado em 14.07.2015 10:56

A ONG Amor, que dá suporte às crianças e adolescentes de três bairros da cidade, pede ajuda da população para terminar a construção de um pavilhão, que deve ser um espaço de recreação e integração para os beneficiados.

“Todos nós vamos embora deste mundo, não sabemos se dentro de poucos dias, ou se demorará um pouco mais, mas o certo é que partiremos sem levar nada, pelo contrário, só podemos deixar. Deixar tudo aquilo que pudermos fazer em benefício dos outros, em especial das crianças, isto fica e dará frutos de esperança e compaixão”, escreve o idealizador da ONG Amor, Milton Menezes, em um texto que pede auxílio financeiro da comunidade para o término da construção de um pavilhão, que deve se tornar um espaço de recreação e integração para as crianças beneficiadas.

A construção do espaço iniciou com a ajuda do Rotary Club Passo Fundo, segundo Menezes. No entanto, a obra ainda não foi concluída por falta de verba e, para que o ambiente possa ser utilizado pelas crianças em vulnerabilidade social atendidas pela ONG, a entidade criou uma campanha online de arrecadação. A meta é conseguir R$30 mil até o dia 22 de agosto e, até agora, R$560,00 foram arrecadados.

Participar é muito simples. É só acessar este site, escolher o valor da sua contribuição e a forma de pagamento – boleto ou cartão de crédito e efetuar a doação. Atualmente, segundo o idealizador da ONG, o pavilhão está semiconstruído. “Temos a estrutura, o telhado e o contrapiso. Falta fechar a parte superior, terminar o piso, o acabamento, os banheiros e instalar a rede de vólei e as goleiras”, comenta. Segundo ele, o espaço deve beneficiar os atendidos principalmente nos dias de chuva, quando o pátio não pode ser utilizado. Por enquanto, o pavilhão também não é usado porque a água da chuva acaba invadindo o espaço inacabado.

A ONG
A entidade foi fundada em 16 de janeiro de 2011, por um grupo de 35 pessoas, mas foi em janeiro de 2012 que a ONG Amor começou a atuar na cidade.

Atualmente, são 70 crianças em situação de vulnerabilidade social matriculadas na entidade. Elas são da região de três bairros da cidade: Victor Issler, Annes e Vila Fátima e têm entre nove meses e 14 anos de idade. “Os atendidos são divididos em dois grupos: o de idade pré-escolar, que recebem atividades para desenvolver a motricidade, como aulas de artes e música e o grupo de crianças maiores, atendidas no turno inverso ao da escola”, comenta Menezes. O segundo grupo recebe atividades como capoeira, informática, reforço escolar e inglês.

Na ONG Amor, duas psicólogas, uma pedagoga, uma assistente social, uma professora de artes, um professor de música e um professor de capoeira trabalham com as crianças atendidas, além de mais duas atendentes para os pequenos.

Para contribuir
Mesmo com funcionários contratados e despesas, a ONG Amor não tem uma fonte fixa de renda. Por isso, busca ajuda da comunidade para poder transformar o amor em prática. Existem alguns módulos de colaboração, explicados por Menezes: “Quem é voluntário pode dedicar uma manhã ou uma tarde por semana para o trabalho com as crianças em qualquer área. Quem prefere ser um doador, pode doar móveis e eletrodomésticos que serão entregues às famílias das crianças cadastradas”, aponta um dos fundadores da entidade. Além disso, a ONG aceita doações de alimentos, já que lanches e refeições são oferecidos às crianças e às famílias e doações em dinheiro, para manter os funcionários da entidade. Quem quiser doar, pode entrar em contato com a ONG, que se localiza na Vila Fátima, através do fone (54) 3313-6939.

 

Diário da Manhã

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.