Quinta-feira, 19 de abril de 2018

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

Conselho Municipal de Educação e Cultura está sob nova coordenação

Publicado em 21.01.2015 10:08

Na sexta-feira, dia 09 de janeiro, foram empossados os novos membros do Conselho Municipal de Educação e Cultura. O ato ocorreu na Casa de Cultura Nayr Menegon. O mandado terá duração de quatro anos a contar da data da posse. Os conselheiros Titulares são Marigilda Frizon Molossi, Ides Mesacasa Salla, Juliana Cavaton Guerra, Salete Maronezi Darif, Fabiana Borelli, Fabiana Bombonato Faccio, Helena Fontana Brandelero e Ivanite Ana Borelli Guerra.

Em votação aberta entre os membros que fazem parte do Conselho, foram escolhidos como presidente Ivanite Ana Borelli Guerra, representando o Segmento Grupo da Terceira Idade; vice-presidente Juliana Cavaton Guerra, representando o segmento professores e como secretária Salete Maronezi Darif, também do segmento professores.

Durante a reunião de posse do novo conselho, a Secretária Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, Janete de Fátima Romanini destacou quais são as competências do Conselho Municipal de Educação e Cultura, onde no quesito Educação é de elaborar o seu regimento para aprovação pelo Executivo Municipal; estudar, analisar e avaliar as realidades educacionais no município; estabelecer critérios para ampliação e sugerir medidas que visem à expansão e o aperfeiçoamento do ensino a nível municipal; oferecer sugestões para a elaboração de Planos Municipais de Educação, enfim, zelar pelo pleno funcionamento da educação. Na parte que envolve a Cultura, as competências são elaboração do calendário de eventos no início de cada ano; formulação da política cultural do município; promover a defesa e conservação do patrimônio histórico, folclórico, cultural artístico do município; promover intercâmbio com outras entidades culturais bem como promover campanhas municipais que visem o desenvolvimento Cultural e Artístico”.

Segundo a Secretária Janete, espera-se que com a posse dos novos membros do Conselho Municipal de Educação e Cultura, seja alavancada a educação e consiga-se desenvolver e buscar novos horizontes culturais. “Para que as coisas tomem um rumo certo é necessário o apoio e o engajamento de todos, só assim, os projetos saem do papel e se tornam realidade”, frisou.

nova

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.