Segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Facebook Twitter Instagram

<< Voltar

Delegado Regional do Trabalho visita Cras de Nicolau Vergueiro

Publicado em 11.05.2016 16:13

delegado

A equipe do Cras de Nicolau Vergueiro recebeu, na tarde do dia 20 de abril, quarta-feira, a visita do delegado regional do Trabalho 15º Região – Produção,  Rodrigo Marques, vinculado a Secretaria do Trabalho e do Desenvolvimento Social (STDS). Na oportunidade, ele reuniu-se com a equipe do Cras, coordenado pela profissional Elisangela Teló, encontro pautado pela Política de Assistência Social e do Trabalho, Lei da Solidariedade e parcerias institucionais no município.

Através do diálogo próximo com o Cras, Marques busca auxiliar na articulação, coordenação, fiscalização, implementação e execução da Política Estadual de Assistência Social e de políticas públicas no campo do trabalho, qualificação profissional e de geração de renda. Também cabe ao delegado auxiliar e apoiar a execução de políticas de proteção e assistência aos grupos em situação de vulnerabilidade social, em especial pessoas idosas, dos povos indígenas, grupos étnicos, raciais e crianças e adolescentes.

Conforme Marques, o objetivo é também acompanhar e fiscalizar convênios, acordos e contratos e ajustes com órgãos públicos ou entidades privadas e acompanhar a execução dos projetos do Programa de Apoio à Inclusão e Promoção Social – PAIPS. “Também buscamos divulgar e articular redes de parcerias entre governo, entidades sociais e empresas, para a realização de projetos sociais e fornecer informações sobre programas, ações, projetos, atividades regulares ou eventuais propostas ou sendo desenvolvidas pela STDS e suas vinculadas, sendo a Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS-Sine) e a Fundação de Proteção Especial (FPE)”, acrescenta Marques.

Para a coordenadora do Cras, a parceria e o trabalho próximo contribui para o desenvolvimento das políticas públicas socioassistenciais do Cras. “Estamos de portas abertas para recebê-lo. Toda iniciativa que tenha a finalidade de fortalecer as políticas de Assistência Social e promover a cidadania são bem-vindas”, comenta Elisângela Teló.

Relacionado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.